Cuidado com as Fraudes no BlackFriday

Cuidado com onde você compra no BlackFriday

Hoje faço um alerta aos consumidores em relação as fraudes mais comuns no BlackFriday. Muitos consumidores acham que irão ter muita vantagem no black friday e não tomam muito cuidado.

Lojas falsas

Não compre em lojas virtuais que você não conhece ou que tenha uma boa reputação. Pesquise antes a loja, não se deixe levar por preço “animadores”, o barato pode sair muito caro.  Hoje mesmo tivemos uma assinatura na plataforma Loja Mestre que foi recusada. O contratante queria montar uma loja virtual com o nome: “blackfridaycasasbahia.com.br”. Certamente o objetivo é montar uma loja com a aparência parecida com o site original “casasbahia.com.br”, colocar preços muito baixos, vender no boleto e sumir com o dinheiro do cliente. E acredite muitos menos atentos cairiam ou até cairão no golpe.

Portanto repare nos detalhes, endereço web da loja, telefones, prazo de entrega.

Preços muito baixos

Não é porque é black friday que os preços são totalmente baixos. O normal é até 30% de desconto, mais que isso são produtos muito específicos, encalhados a muito tempo que precisam ser desovados. Você não irá encontrar nenhum produto que é lançamento com desconto superior a 15%. O objetivo do black friday é desencalhar estoque, gerar liquidez para o fechamento do ano contábil.

Também é recomendável comparar os preços dos produtos em sites como buscapé, google shopping. Quando a esmola é demais desconfie.

Formas de pagamento

Se a loja só oferece pagamento no boleto, desconfie. Se a loja oferece cartão e boleto, mas dá 15% de desconto no boleto desconfie.

O custo do pagamento com cartão das lojas gira em torno de 5~7% enquanto no boleto é de R$ 4,00 (em média). Logo uma loja que oferece 15% de desconto no boleto tem algo errado. Quando se paga no boleto você não tem como recuperar o pagamento caso dê algo errado. Já no cartão você pode acionar a administradora do cartão e suspender o pagamento.