O que esperar de 2018 no e-commerce Brasileiro

O que esperar de 2018 no e-commerce Brasileiro? A reposta desta pergunta é sem dúvida aguardada por muitos empresários. Será que em 2018 o mercado nacional de varejo online vai ter o crescimento real tão esperado? Será que os pequenos e médios irão aguentar mais um ano de dificuldades?

Não tem como sequer tentar responder estas perguntas sem analisar alguns pontos como o cenário político / econômico. Em 2018 teremos eleições para presidente e governador e historicamente isso sempre foi prejudicial ao comércio. Não pelas datas mas pela atitudes dos governantes mesmo que não tomam qualquer iniciativa ou ação impopular mesmo que necessária e benéfica a economia.  Não tecendo qualquer comentário politico partidário, o Governo atual está tentando ao menos realizar algumas mudanças como a reforma trabalhista e previdenciária que aos olhos do mercado e empresariado está sendo bem vista.

Outro ponto a ser analisado é a fragilidade em que se encontra o mercado, a grande maioria dos pequenos e médios lojistas virtuais, passou por pelo menos 2 anos com dificuldades, praticamente sobrevivendo. É certo dizer que uma boa parte destes logistas não tem fôlego para grandes investimentos ou inovações sejam em divulgação e ou plataformas.

A entrada da Amazon e a popularização dos marketplaces terão um efeito no mercado também. Isolando e dificultando muito para os pequenos e médios negócios.

Somando isso tudo eu acredito que quem apostar em nichos de mercado e ou integração com marketplaces pode se dar bem em 2018. Agora quem não se mexer e não inovar, pode se preparar para mais um ano com vendas baixas.

Hildor Schroder

Diretor Loja Mestre

21/11/2017