Plataforma de inteligência artificial otimiza relacionamento com clientes

Plataforma de inteligência artificial otimiza relacionamento com clientes

Quando lemos “Plataforma de inteligência artificial otimiza relacionamento com clientes”, imediatamente me veio em mente o livro A Origem, o último de famoso escritor Dan Brown.  No livro ele narra uma cena onde centenas de convidados estão passeando pelo museu e cada visitante tem um fone de ouvida com um guia que lhe auxilia. Cada guia conhece as preferências e foi devidamente escolhido desde o tom da voz, sotaque para trazer mais conforto e empatia com o visitante.  Porém o guia nada mais era que um computador, com voz artificial “perfeita”, um mesmo computador atendendo centena de visitantes e conversando com eles simultaneamente em vários idiomas, sotaques e conhecendo as preferências de cada visitante. Isso é realmente inteligência artificial otimizada para se relacionar com os clientes.

Hoje cedo estava lendo um artigo em um portal de T.I.:

“Kami fala e escreve ao mesmo tempo com a mesma base de conhecimento e pode assumir diferentes sotaques, trocando também o gênero e o tom de voz. Além disso, funciona com um sistema personalizado, que customiza a inteligência e seus scripts durante todo o processo de relacionamento com o cliente. Única no mercado, a plataforma de inteligência artificial cognitiva é a aposta da empresa de canais de relacionamento PG Mais e teve investimento de R$ 4 milhões.

Hoje, a Kami já está pronta para trabalhar com cobrança, pesquisas e até prestar suporte técnico para a área do varejo. Segundo Gastão, a tecnologia se destaca pela flexibilidade e facilidade de troca de canal de atendimento.

Customizável, a assistente virtual pode interagir por diversos canais, como voz, SMS, e-mail, web chat, Facebook Messenger e até WhatsApp. Quando há assuntos que demandam uma análise mais descritiva ou um atendimento mais personalizado, ela consegue transferir o contato para o atendimento humano. Entretanto, a proposta é que a inteligência artificial evolua sempre, com o aprendizado adquirido pelo contato com os atendimentos e treinamentos.”

Ultimamente tem se falado muito sobre chatbots, que seriam programações básicas dentro dos sistemas de chat já existentes para que em alguns gatilhos eles iniciem conversas com os visitantes, gerando leads. Obviamente o cenário descrito acima vai muito mais além. Mas encare isso como um prelúdio do que esta por vir.

inteligência artificial

 

Please follow and like us:
error